Marketing de Conteúdo – crie e mantenha um relacionamento com seus clientes

Marketing de Conteúdo – crie e mantenha um relacionamento com seus clientes

Podemos afirmar que o Marketing de Conteúdo é o combustível do Inbound Marketing ou Marketing de Resultado, como o chamamos. Mas antes de falar especificamente sobre essa estratégia, vamos dar um passo atrás e falar um pouco sobre o Marketing Digital de forma resumida. Assim, contextualizaremos a utilização do Marketing de Conteúdo dentro da estratégia de Marketing Digital.

O Marketing Digital

Segundo a Resultados Digitais, da qual a Inédita é agência certificada, “Marketing Digital é o conjunto de estratégias voltadas para a promoção de uma marca na internet”. A diferença entre o marketing tradicional para o digital, é que o digital utiliza diversos canais online, métodos e ferramentas, que permitem analisar os resultados em tempo real.

 

Surgido ainda nos anos 90, o Marketing Digital mudou a forma de promover os negócios. Graças a popularização da internet, houve também o aumento da utilização de dispositivos digitais no processo de compra. Estima-se que, atualmente, 60% do processo de compra foi realizado pelos consumidores, antes mesmo deles entrarem em contato com o vendedor ou com a empresa da qual desejam adquirir o produto ou serviço.

 

Você pode estar pensando que o Marketing Digital é desafiador e muito complicado de ser posto em prática. Porém, com um planejamento sólido e uma execução eficiente, é muito mais do que possível aproveitar esta oportunidade para fazer sua empresa ter uma presença digital forte. Com isso, é questão de tempo para você começar a ter retorno deste investimento para o seu negócio.

 

 

Descubra como está a presença digital da sua marca na internet aqui.

 

O potencial do Marketing Digital

A internet já faz parte da vida das pessoas. Isso é um fato. Atualmente, cerca de 89% das pessoas realizam buscas na web antes de efetuar uma compra. Isso significa que a utilização das diversas frentes de atuação do Marketing Digital tem tudo para aumentar o alcance e a influência da sua empresa no processo de compra dos possíveis consumidores.

 

Segundo o WebDAM.com, o orçamento de mídias digitais deve dobrar nos próximos 5 anos. Ainda segundo a mesma fonte, o Inbound Marketing gera 54% a mais de leads que o marketing tradicional e as empresas B2B que possuem blogs geram 67% mais leads do que as empresas que ainda não os utilizam. O Global Web Index informa que 87% dos usuários de internet já possuem um smartphone. E, para finalizar as estatísticas, a Ironpaper apurou que 93% das decisões de compra são influenciadas pelas mídias sociais.

 

Como falamos um pouco mais acima, o Marketing Digital possui diversas frentes de atuação. Entre as que mais se destacam estão o E-mail Marketing, as Redes Sociais, o Marketing de Busca (SEM) e o Marketing de Conteúdo. É sobre este último que falaremos a partir de agora.

 

Porque o Marketing de Conteúdo é importante para o Marketing Digital

Todo o conteúdo que é feito com o objetivo de entreter, educar ou informar as pessoas pode ser considerado Marketing de Conteúdo. Além de fazer sua empresa ser conhecida por seus futuros clientes, a ideia de construir um relacionamento com elas e conseguir guiá-las durante a jornada de compra é muito tentadora!

 

Visto que a adquirir informação sobre produtos e serviços ficou muito mais fácil após a democratização da internet, produzir conteúdo de qualidade, que agregue valor a quem tiver contato com ele é fundamental para o sucesso da estratégia digital do seu negócio. Por isso, o investimento em Marketing de Conteúdo é importante para a sua empresa. Com ele, os consumidores a irão encontrar quando estiverem em busca das soluções de mercado que você oferece.

 

Mas não adianta apenas ser encontrado se você não se conecta com seus consumidores. Para criar valor para sua marca, é necessário mostrar aos clientes em potencial que você os conhece. Como fazer isso? Simples! Produza conteúdos que conversem com as dores e necessidades deles.

 

Dessa forma, quando eles forem à internet procurar sobre esses assuntos, é provável que encontrem os conteúdos produzidos pela sua empresa. Ao ver que o material gera valor a ele, as chances de adquirirem os produtos ou serviços que você oferece aumentam.

 

Há diversas formas de se produzir conteúdo. Vamos falar um pouco sobre as mais utilizadas abaixo.

 

Blog ou canal próprio de conteúdo

Esta é a maneira mais comum de atrair as pessoas na internet. Bons conteúdos aliados a uma boa otimização para mecanismos de busca, como o Google, o tornam a melhor maneira de conseguir tráfego para o site.

 

É importante que os assuntos abordados sejam sempre relevantes ao seu negócio e interessantes para seus futuros clientes. Com uma pauta bem planejada e mantendo um bom ritmo de postagens fica mais fácil manter a relação com os usuários para que eles tornem-se leads e, futuramente, um cliente fiel.

 

Lembramos também que, apesar do texto ser a forma mais comum de conteúdo do blog, nada impede que você utilize outros conteúdos, como podcasts, vídeos e infográficos.

 

Materiais Ricos

A função do material rico é dar mais profundidade ao conteúdo e agregar ainda mais valor para seus visitantes. Um dos formatos mais comuns de material rico é o eBook. Mas também é possível produzir webinars, kits, infográficos e outros tipos de materiais que ofereçam um conteúdo mais aprofundado.

 

Assim, sua empresa dará continuidade ao relacionamento construído, educando seus possíveis clientes e preparando o terreno para, no momento certo, fazer a abordagem de venda.

 

Vídeos

Em 2016, 50% do tráfego mobile da internet já era composto por vídeos. Outro dado importante, é que ter um vídeo em uma página de produto aumenta em até 85% a intenção de compra. Isso acontece, pois vídeos reforçam a confiabilidade do produto.

 

Eles podem ser produzidos mais curtos e concisos ou de forma a serem longos e aprofundados. Para blogs e redes sociais, o ideal é utilizar os vídeos curtos e dinâmicos. Caso os vídeos sejam o carro-chefe da sua estratégia, podem ser feitos vídeos mais longos, como webinars, por exemplo.

 

E-mails Marketing

Cada e-mail enviado a um cliente em potencial ou atual, pode ser considerado um e-mail marketing. Tem como propósito gerar ou aprofundar o relacionamento as pessoas, através de uma mensagem comercial.

 

Nele são enviadas promoções, solicitar doações ou adquirir negócios, podendo assim, gerar lealdade, confiança e divulgar a marca da empresa (branding). O resultado esperado é a aquisição de novos clientes ou convencer atuais clientes a comprar um determinado produto ou serviço.

 

É considerado barato, comparado a outras opções de Marketing Digital, e seu sucesso está diretamente ligado a imagem e ao visual. Mas o que o torna realmente atrativo para as empresas é a possibilidade de mensuração das métricas. Analisando os índices de aberturas e cliques, é possível entender rapidamente a forma correta de se comunicar com determinado público.

 

Redes Sociais

Somente no Facebook, a maior rede social dos dias de hoje, existem aproximadamente 1,6 bilhões de usuários. Então provavelmente você encontrará um cliente em potencial ou atual por lá.

 

Isso torna não só o Facebook, como todas as redes sociais, canais importantes para se difundir conteúdo útil aos consumidores. Por isso é importante identificar quais mídias sociais que seu público utiliza. Mas tão importante quanto publicar nas redes sociais, é acompanhar os resultados e analisá-los. Assim fica mais fácil entender para quem sua empresa está falando por lá e trabalhar com o objetivo de publicar conteúdos que conversem com seu público.

 

O Marketing de Conteúdo é uma forma extremamente eficaz de se relacionar com os clientes atualmente. Lembre-se que o tempo de ir atrás de clientes está chegando ao fim. Na era digital, são os clientes que encontram você!

 

Se você ainda tem dúvidas sobre a eficácia desta estratégia para o sucesso da sua empresa, fale com a gente!